Acervo Bibliográfico

A Biblioteca de Apoio Maria Stella de Novaes foi criada para auxiliar a pesquisa junto às fontes documentais primárias. Sua formação deu-se mediante doações de publicações impressas por parte de instituições, pesquisadores/escritores e de recolhimentos junto às secretarias e órgãos do governo estadual, totalizando aproximadamente 18.000 (dezoito mil) volumes impressos, entre livros, jornais, revistas, recortes, Leis, Decretos, Anais, Publicações Oficiais, Mensagens e Relatórios de Governo.

O conteúdo dessas publicações relaciona-se à história política, social, econômica e cultural do Estado do Espírito Santo. 

O Arquivo Público do Estado do Espírito Santo possui uma linha editorial, a Coleção Canaã, por meio da qual são publicadas ou reeditadas obras de relevante importância ao estudo da história do Espírito Santo.

 

Regulamento:

  • A consulta ao acervo da Biblioteca é permitida a todos os interessados, de segunda a sexta-feira, das 10 horas às 17h30, não havendo necessidade de agendamento prévio;
  • ao consulente é vedado o acesso direto ao acervo, o mesmo deve requerer ao funcionário do setor o item desejado;
  • é vedado o empréstimo de material, sendo permitida a pesquisa nos livros apenas na sala de consulta da instituição;
  • é proibido ao consulente a utilização de celular, a ingestão de bebidas alcoólicas ou de alimentos durante a pesquisa;
  • o consulente deverá guardar seus pertences no armário localizado na portaria, podendo conservar consigo material de estudo e pesquisa, dando preferência a utilização de lápis à utilização de canetas;
  • manter o silêncio. A fala em tom baixo permite a concentração e estudo.

A Biblioteca de Apoio foi batizada com o nome de Maria Stella de Novaes, professora, pesquisadora e respeitada historiadora que doou sua biblioteca particular, dentre outros documentos do seu acervo, ao Arquivo Público do Estado do Espírito Santo.

Quem foi

Maria Stella de Novaes (1894-1981) dedicou sua vida aos estudos e pesquisas. Contista, teatróloga, poetisa, cronista e estudiosa de nossas orquídeas, adotou o Espírito Santo como sua terra.

Vida

Nascida em Campos (RJ), no final do século XIX, filha da cachoeirense Maria de Souza e do médico alagoano Manuel Leite de Novaes Melo. Maria Stella de Novaes realizou seu estudo primário em casa e em Cachoeiro de Itapemirim; o secundário fez em Vitória, no Colégio do Carmo, com ampla formação: musical, filosófica e domínio de vários idiomas. Esta consagrada e premiada pesquisadora recebeu, em homenagem aos seus estudos sobre a flora capixaba, uma orquídea, até então desconhecida, batizada com seu nome: Scuticaria novesi.

Obra
Entre as suas obras destacamos:
- Os Moluscos nas suas relações com a Geologia.
- Orquidários, Diário da Manhã, 1936.
- Entomologia econômica. Tese de concurso, 1925.
- História do Espírito Santo (3 volumes).
- Lendas Capixabas, 1969.
- Os Holandeses no Espírito Santo (História e Folclore)

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard